Category

Design

6 exemplos de Homes – Salas de TV

By | Decor, Design, Design de Interiores, Dicas, Projeto de decoração | No Comments

O primeiro post da série Ambientes do blog começa com os homes, conhecidos como a sala de cinema em casa. Neste espaço, a grande protagonista é a televisão, que fica cada vez mais fina, ocupando cada vez mais as paredes e dando espaço para os grandes sofás, pufes, poltronas.
O projeto da parte elétrica nesse tipo de ambiente é crucial, dado a quantidade de aparelhos eletrônicos presentes, e aqui entra a importância da marcenaria e móveis planejados que vão receber toda essa aparelhagem e ajudar a esconder a fiação, exemplo para os painéis de madeira que além de darem destaque a parede, podem embutir os fios.
Sendo esse um cômodo da casa mais aconchegante, a iluminação também é de suma importância, para que não haja interferências ou reflexos na tela.

Na foto acima, temos um exemplo do uso do painel e rack em madeira para embutir as caixas de som, aparelhos, fiação e televisão. A parede toda de madeira combinada a uma luz indireta também dá ao ambiente uma aparência mais aconchegante.

O uso das cortinas, tapetes, almofadas e carpetes também auxiliam e melhoram na performance da acústica nos ambientes, por serem materiais que absorvem o som.

Dica: nos homes, não é aconselhável utilizar pisos frios como mármores, granitos e porcelanatos, pois eles provocam eco no ambiente. Porém eles podem ser minimizados com tapetes.
No exemplo acima o destaque vai para o sofá grande em L, garantindo conforto, e a composição mais clara com a maior entrada da iluminação natural. Aqui o painel e rack também apoiam os eletrônicos e recebem a decoração nos nichos e aberturas.

A TV também precisa ter um mínimo de distância dos sofás e poltronas, de acordo com a sua polegada (média de 2 metros). Deve ser ideal para que se consiga enxergar letras e legendas mas que a luminosidade não

projeto residencialNeste home o sofá foi desenhado pelo escritório para ter dupla função: o futon também pode ser utilizado com cama de hospedes, e a base de madeira esconde ainda dois colchoes de apoio

 

home com tv e projetor com tela retrátil

projeto home theater

Neste home o destaque é a grande prancha de madeira Pecan de poda urbana, fornecida pelo Madeira Urbana com selo de procedencia

interiores decor

Aqui a tv não ganha tanto destaque e faz parte da ambientaçao da estante. Ao lado uma lareira a gás com revestimento terracor

Jader Almeida – ambientes com mobiliário do designer brasileiro

By | Design, designers brasileiros, Mobiliário | No Comments

Jader Almeida é um dos designers brasileiros de maior destaque no cenário nacional e internacional da atualidade. A leveza de suas peças e preocupação com os detalhes encantam!!!

Jader Almeida nasceu em 1981 no estado de Santa Catarina, sul do Brasil. Aos 16 anos teve o primeiro contato com a indústria de mobiliário, iniciando seu envolvimento em todo o processo produtivo. Formado em arquitetura,  desde 2004 desenvolve produtos exclusivos para indústrias, tendo como principal parceira a marca SOLLOS de Santa Catarina. Em 2013, passa a integrar a equipe de designers da marca alemã ClassiCon.

Nos últimos anos, o jovem catarinense alcançou reconhecimento internacional, tendo conquistado importantes prêmios, como o IF Design Awards (2010, 2011, 2012, 2013 e 2015), IDEA Awards USA (2010), Good Design Award (EUA), em 2011, 2013, 2015 e 2016, Red Dot Product Design Award (2012 e 2013) e Restaurant & Bar Product Design Award (2016). No Brasil, teve várias de suas peças reconhecidas no Prêmio Design Museu da Casa Brasileira (2008, 2009, 2011, 2012, 2014 e 2015), Brasil Design Award (2012, 2013 e 2016), Top XXI Prêmio Design Brasil (2016) e no Idea Brasil (2009 e 2010), entre outros.
A busca pela racionalidade e pela geometria simples, que resultam em formas puras e estética atemporal, como o próprio Jader costuma dizer ao definir seu trabalho, resulta em peças de sucesso.

“Acredito na racionalidade do traço e no uso dos materiais. Não há excessos, apenas o necessário para que cumpra a função.

 

Entre os ícones de sua coleção estão a cadeira Bossa (2008), cabideiro Loose (2011), banco Phillips (2010), poltrona Euvira (2012), mesa de jantar Dinn (2008) e cadeira Clad (2015). Os mais de 150 móveis e acessórios de sua assinatura são vendidos e distribuídos em países como: EUA, Canadá, Londres, Paris, Tókio, Austrália, Espanha, Suíça e Nova Zelândia.

Somos apaixonadas pelo mobiliário desenhado por ele!!!  Abaixo separamos algumas imagens de projetos de design de interiores do escritório com peças da SOLLOS:

Living com mesa de centro Matrix, poltronas isa e cadeiras bossa

 

Cadeiras Bossa e mesa de apoio Bank

 

Cozinha com cadeiras Joy

 

mostra decoração

Mesa apoio Buti e mesa de vidro Mush

 

campinas decor maira del nero

Quarto com mesa lateral Buti, mesa de vidro Mush, revisteiro Teca, mesa de apoio Wed

 

projeto design de interiores

Living com mesa de centro Matrix

 

Living com mesa de apoio Duomo

 

Copa com cadeira Finn

 

Hall de entrada com rack Elle

 

Sala de jantar com Buffet Chan

 

Gourmet com cadeira Bossa em tecido

 

Copa com cadeiras 117

 

Escritório com cadeira Dinna

 

Designers Brasileiros

By | Design, designers brasileiros | No Comments

Antes de falar sobre os maiores nomes do design no Brasil, é preciso retornar um pouco pela história dessa produção que começou a fazer parte do desenho de artistas e arquitetos brasileiros diante da Arte e Arquitetura Moderna e seu pensamento multidisciplinar para uma nova visão de mundo que se consolidava e tinha a necessidade de ser refletida nos espaços públicos e privados/domésticos. Essa influência trouxe para as décadas de 50, 60 e 70 importante produção de peças vindo de nomes como Lina Bo Bardi, Sérgio Rodrigues,Joaquim Tenreiro, Jorge Zalszupin, José Zanine Caldas, Anna Maria Niemeyer, seu pai Oscar Niemeyer. Nomes estes que exercem influência até nos dias atuais no cenário do design brasileiro.

poltrona mole de Sergio Rodrigues

cadeira Lina Bobardi

chaise longue Rio – Niemayer

Cadeira Tres Pés – Joaquim Tenreiro

 

Mesa Andorinha- Jorge Zalszupin

 

Entre as décadas de 60 e 80, o país passou por um momento de declínio dessa produção devido a crise econômica gerada pela dívida externa na ditadura militar no Brasil, tendo sua volta somente após esse período juntamente com o processo de redemocratização com nomes que são destaque no design.

Dentre esses nomes que alavancaram o cenário da produção de mobiliários e objetos pós ditadura, destaca-se Carlos Motta, Claudia Moreira Salles, Fulvio Nanni, irmãos Campana que também inspiram os designers que surgiram a partir dos anos 2000 como Jader Almeida, Sergio Fahrer, Aristeu Pires, Bruno Faucs, Zazini de Zanine (filho de Zanine Caldas), que aparecem em outros posts aqui no blog.

poltrona luna– Carlos Motta, banco Tangente– Claudia Moreira Salles, poltrona Sand – Fulvio Nanni, cadeira favela– Irmãos Campana

cadeira clad – Jader Almeida, chaise paso doble Sergio Fahrer, cadeira Duda – Aristeu Pires, Poltona Trentini – Bruno Faucz, Poltrona Serfa – Zanini de Zanine

Aristeu Pires

By | Decor, Design, designers brasileiros, Mobiliário | One Comment

Designer baiano, começou sua vida na área de computação e há 14 anos vem conquistando forte reputação no mercado brasileiro. Aristeu acredita nas peças de longa duração e em um design mais simples porém com muita funcionalidade e sofisticação.
O seu destaque vem das peças trabalhadas de modo artesanal a partir da madeira, o que gera leveza e simplicidade no desenho de suas linhas, criando peças que vão desde cadeiras e poltronas até mesas, bancadas e bancos.

Em especial suas cadeiras que recebem sempre o nome de mulheres, a cadeira Claudia rendeu a ele o Prêmio Design Museu da Casa Brasileira. A foto abaixo mostra um ambiente do Campinas Decor 2008 onde utilizamos a cadeira Gisele do designer em madeira e corda náutica no assento e encosto. Isso reforça a ideia do desenho atemporal e design totalmente funcional e entendido como uma obra de arte por Aristeu.

sala de descanso

Outra peça do designer que vale um destaque é seu banco Ylla na foto abaixo, feita com três madeiras diferentes (imbuia, jequitibá e frejó) onde nos mostra uma preocupação no desenho simplificado o destaque das três madeiras com cores diferentes, dando destaque para o seu design prático e charmoso.

A cama Tulipa de Aristeu Pires também foi utilizada neste quarto de hóspedes  que foi desenvolvido dentro do conceito de Hotel Boutique, onde arte, design e funcionalidade se mesclam em um ambiente exclusivo e confortável com foco na saúde e no bem estar.

pojeto quarto

ALFIO LISI

By | Design, Design de Interiores, designers brasileiros, Mobiliário | No Comments

Arquiteto e Urbanista formado pela UNESP/Bauru, Alfio Lisi se destacou pela sua produção de mobiliário quase que em sua totalidade feitos em madeira, tendo ele também experimentado novas formas a partir de outros materiais como concreto, aço carbono, fibra de vidro e até azulejos.
Dá-se destaque para sua linha Abaporu (que em tupi-guarani significa o homem que come e tem o ideal de transformar as coisas em outras), com peças que absorvem referências internacionais e traduzem o estilo brasileiro, mostrando assim a sua essência.

 

 

Alfio também foi prêmiado em concursos nacionais como 18° Prêmio Design Museu da Casa Brasileira com o cabide Giro, e internacionais como no IF Product Design Award com a luminária Pau de Luz que já havia ganho uma menção honrosa no Salão Casa Brasil.
Essa nova experimentação com novos materiais a qual falamos é identificada também na poltrona Leme em destaque na foto abaixo, que utiliza a madeira como estrutura da cadeira e percintas de couro no assento e encosto.

 

mostra decoração

Este ambiente foi desenvolvido para a Mostra Campinas Decor pelo escritório das arquitetas Maira Del Nero e Symonne da Fonte, e buscou utilizar peças do design brasileiro. Além da poltrona de Alfio Lisi, temos também a cama tulipa de Aristeu Pires e as mesinhas laterais de Jader Almeida.

Outras peças de Alfio que amamos:

poltrona sopro

Criação de 2013 do designer Alfio Lisi, a poltrona, que mistura madeira, aço e couro natural, foi premiada no Salão Design Casa Brasil 2013, na categoria profissional, e conquistou o segundo lugar, na categoria móvel, no 27° Prêmio de Design Museu da Casa Brasileira, em 2013.
O próprio designer fala sobre a inspiração para compor a peça: “’A vida é um Sopro’. Foi essa frase de Niemeyer que me inspirou na concepção da poltrona Sopro. Um processo que comecei em 2009 e que agora considero finalizado. Busquei dar a essa poltrona um aspecto leve e sensual , sem perder as linhas que caracterizam o meu trabalho. Espessuras maximamente reduzidas, nos três materiais utilizados. Combinar curvas e retas. Quase linhas. Tão presentes em Oscar e tão inspiradoras para nós”. Disponível em versões com encosto alto e baixo.

mesa cone

A linha de mesas de jantar e laterais tem base feita em concreto moldado e tampo em madeira teca maciça.

 

Talk com Sergio Fahrer na Artzzi Mobiliário

By | Decor, Design, designers brasileiros, Notícias | No Comments

Somos fãs do design brasileiro e nesta semana tivemos a oportunidade de participar de um talk com um dos grandes representantes desse movimento, o designer Sergio Fahrer.

Foi um evento bem descontraído e inspirador, no qual Fahrer compartilhou sua incrível história de vida e um pouco do conceito envolvido na concepção e produção de suas peças.

Criatividade aliada à pesquisa no uso de novos materiais e novas tecnologias, essa é a característica mais marcante em seu trabalho. Sergio Fahrer começou sua carreira de maneira inusitada, estudou no MIT (musicians institute of technology), em Los Angeles, EUA, e lá aprendeu a arte da luteria (desenho e construção de instrumentos musicais). Com a tecnologia de construção de instrumentos musicais ele iniciou seu trabalho como designer, sua primeira peça – a cadeira Blues, se tornou um ícone do design nacional. Hoje, seu design é referência mundial quando o assunto é design de mobiliário em madeira curvada, chamada de multilaminação. Com esse processo, que já lhe rendeu uma patente internacional, consegue dar a seus móveis formas extremamente orgânicas com um ótimo acabamento. Utiliza uma grande variedade de espécies de madeiras em seu trabalho e as mistura com alumínio de aviação, palhetas de guitarra, tubos de pvc reciclados, fibra de carbono mista e vidro laminado com policarbonato