Uma planta I Três fachadas

By Projetos, Projetos residenciais 2 Comments

Para viabilizar as exigências do empreendedor – proprietário de três terrenos de 300m² em um condomínio fechado em Paulínia, a arquiteta Maira Del Nero desenvolveu o projeto de forma a racionalizar a construção e baixar os custos por metro quadrado.

A solução foi desenvolver uma única planta com fachadas e acabamentos diferentes. Desta maneira foi possível utilizar os mesmos projetos complementares, somente com pequenas adaptações necessárias.

001A_3IRMAS_06edit1site 004A_3IRMAS_06editsite 007A_3IRMAS_06editsite

003STA_3IRMAS_06site006STA_3IRMAS_06site008STA_3IRMAS_06site


 

Soluções compactas de uso flexível resultaram em residências de 210m2, onde a área de churrasqueira integra-se à garagem, que nos dias de festa recebe os amigos no lugar dos carros.
010SA_3IRMAS_06site

A opção por construir em alvenaria estrutural com blocos de concreto, direcionou o projeto para um volume em forma de vagão, onde os ambientes se organizam de maneira sucessiva.

Hall, sala de estar e jantar, cozinha e serviços no térreo, três dormitórios no pavimento superior, unidos por uma longa varanda.

Planta nível superior e térreo:
Planta 3 irmãs

Mais projetos residenciais assinados pela arquiteta Maira Del Nero AQUI.

EcoBanheiro

By Banheiros, Decor, Design de Interiores, Mídia, Mostras, Portfólio, Projetos, Projetos residenciais, Sustentabilidade No Comments

Ecológico e com muito estilo, o banheiro criado para a Mostra Campinas Decor 2006 assinado pela arquiteta Maira Del Nero, é um exemplo de que é possível ser sustentável sem perder a qualidade estética e a funcionalidade.

A arquiteta favoreceu o uso racional de água e energia e privilegiou materiais de baixo impacto ambiental.

campinas decor

Uma faixa de madeira teca certificada segue do piso ao teto no centro dos ambientes. O armário também foi produzido com madeira de reflorestamento.

Nas paredes tinta de terra crua da Primamatéria e cortiça reciclada. A persiana de seda da Cooperativa O Casulo Feliz aproveita sobras da indústria.
ecobanheiro
madeira tekaAlém da iluminação natural, foi montada iluminação com Leds criando um jogo de luz e sombras que deixou o ambiente aconchegante realçando a resina aplicada no piso de cimento queimado.
A utilização de ecoplacas no forro, material composto  por reciclado de embalagens tipo longa vida, garantiram o conforto termoacústico.

Aliando beleza e consumo consciente, o projeto foi vencedor do Prêmio Planeta Casa na categoria Design de Interiores.

Mais Mostras assinadas pela arquiteta Maira Del Nero AQUI.

Materiais Reciclados na Construção e Decoração

By Design de Interiores, Mostras, Sustentabilidade No Comments

Nas mostras de decoração não faltam experiências em busca de uma casa mais “verde”, com produtos sustentáveis, seja na forma de sobras e entulhos oriundos da construção civil e da produção industrial ou mesmo compostos que imitam ou  criam novos materiais. O mercado segue, a passos mais lentos mas já oferece diversos produtos reciclados para a casa.
São principalmente revestimentos, de piso à parede, passando até por estofados.

Industrializados, geralmente esses produtos passam por um controle de qualidade e não devem quase nada aos produtos originais, afirma a arquiteta Maira Del Nero, de Campinas, que trabalha com projetos sustentáveis.

O Ecoloft, projeto assinado pela arquiteta para a Mostra Campinas Decor 2009, foi concebido como um exemplo de moradia sustentável e contemporânea e contempla todas as funções de uma residência convencional em um espaço extremamente compacto e versátil.
ecoloft campinas decor 2008
campinas decor cozinha campinas decor taipaA habitação de 25m² parcialmente elevada sobre um terreno em declive, foi resolvida com um sistema estrutural modular de madeira de manejo sustentável de fácil montagem e desmontagem que abriga um mosaico de possibilidades de decoração ecológica, como os móveis de madeira de redescobrimento e os tecidos orgânicos e de PET reciclado, que estão no futon, no tapete e nas almofadas.

Outros sistemas construtivos sustentáveis também foram utilizados, como a taipa de pilão e o tijolo de solo cimento além de soluções para redução do consumo de água, energia e tratamento de efluentes.

O Ecoloft foi vencedor da categoria Desing de Interiores 2009 do prêmio Planeta Casa. Esta é a terceira vez que a arquiteta recebe o prêmio: em 2006, venceu na mesma categoria com o Ecobanheiro. E em 2008 com a Sala De Descanso.

Arquitetura Sustentável: bares e restaurantes

By Decor, Design de Interiores, Mostras, Portfólio, Projetos, Projetos Comerciais, Sustentabilidade No Comments

Cada vez mais, estabelecimentos estão adotando práticas sustentáveis. A sustentabilidade gera benefícios socioeconômicos e ambientais a todos os empresários. No setor de bares e restaurantes isso não seria diferente, as possibilidades de implementação são inúmeras, desde a construção e reformas dos estabelecimentos até a gestão, logística e cardápio.

Na cozinha, por exemplo, é possível escolher aparelhos mais eficientes, que gastem menos energia e torneiras com geradores que economizam água. Nos banheiros, o reuso das águas cinzas nas descargas é outro exemplo.

Já nos salões, a arquitetura sustentável pode estar na iluminação em LED ou na climatização mista, com o uso de ar condicionado e ventilação natural. O emprego de tecidos sustentáveis nas mesas e cortinas, por exemplo, e de madeira com certificação ou de demolição, bem como o reaproveitamento de mobiliário, a utilização de objetos antigos e revestimentos com porcentagem de reciclados seguem a mesma proposta.
001A_RESTGALLONERO_11 010A_RESTGALLONERO_11 011A_RESTGALLONERO_11 005A_RESTGALLONERO_11Como resultado desse trabalho, destaque para o projeto do restaurante Gallo Nero Bottiglieria em Campinas, desenvolvido pela arquiteta Maira Del Nero. O espaço de 140 metros quadrados, destinado ao novo restaurante, era uma área ao fundo de uma loja de vinhos onde, periodicamente, eram realizados cursos e degustações. A missão foi repaginar o espaço de forma que os clientes do restaurante pudessem escolher na própria loja o vinho que iriam acompanhar seu prato ou, simplesmente, saboreá-lo no aconchego do bar/solarium.

Ao escolher uma linguagem que remetesse à Toscana, Maira Del Nero optou pela iluminação natural, obtida com a instalação de pergolado em madeira e cobertura em vidro. Já as paredes foram revestidas de pedra natural e tiveram a instalação de falsas janelas, feitas com madeira de demolição. Uma porta antiga, arandelas e floreiras em ferro complementam a composição. O toque final ficou por conta das mesas com tampos redondos confeccionados com antigas caixas de vinho da própria loja.
00c10 07c10

restaurante sustentavel

03c10Já para o Restaurante da Estufa, concebido para o Campinas Decor 2010, a arquiteta encarou o desafio de promover a integração da arquitetura sustentável e seus materiais com a linguagem contemporânea. Para isso, entre outros aspectos, todos os produtos especificados, além de causarem menor impacto ambiental, proporcionaram um espaço mais agradável, com destaque para o ambiente livre de Compostos Orgânicos Voláteis (COVs) graças à utilização de produtos como tintas e vernizes sem solvente; uso de produtos naturais de fontes renováveis, como tecidos produzidos regionalmente por indústria limpa e uso de fibras naturais no mobiliário; parede de Taipa de Pilão ou Terra Estabilizada Compactada; emprego de produtos reciclados industrializados, como bancada de resina ECO produzida a partir de óleo de milho e 75% de conteúdo reciclado em substituição a pedras naturais. “Por ser interdisciplinar e ter premissas mais abrangentes, o projeto sustentável garante maior cuidado com as soluções propostas, tanto do ponto de vista ambiental quanto dos aspectos sociais, culturais e econômicos”, conclui Maira Del Nero.

Sustentabilidade em Empreendimentos

By Projetos Comerciais, Sustentabilidade No Comments

Empreendimentos que, além de primar pela qualidade do serviço e pelo bom atendimento, se comprometem com o bem-estar do planeta e das pessoas que nele vivem. Essa é a mensagem por trás de empreendimentos que apostam na arquitetura sustentável, prática considerada vantajosa pelos profissionais da área; uma alternativa consciente, econômica e bonita que trazem resultados positivos à imagem do empreendimento.

“Esse nicho de mercado é, hoje, um diferencial. Mas, no futuro se transformará em requisito, pois está dentro da necessidade urgente de melhores indicativos de qualidade de vida”, afirma a arquiteta de Campinas, especialista em construção sustentável, Maira Del Nero, três vezes vencedora do Prêmio Planeta Casa, da revista Casa Cláudia, na categoria Design de Interiores.

Na avaliação da arquiteta, tanto os locais mais simples quanto os mais sofisticados podem se beneficiar dessa prática (também conhecida como arquitetura verde e eco arquitetura), já que se sustenta na qualidade de vida das pessoas que utilizam o espaço e no respeito ao meio ambiente.

A arquitetura sustentável pode ser considerada mais eficiente e econômica: se gasta, aproximadamente, 5% a mais na construção, mas a economia durante a operação do empreendimento é significativa, algo em torno de 30%. As edificações projetadas com conceitos sustentáveis somam uma série de vantagens. Uma delas é o fato de proporcionar aos frequentadores uma experiência mais agradável em termos de conforto térmico, acústico e qualidade do ar, como explica Maira Del Nero. Os benefícios também se estendem aos funcionários, que passam a atuar em um ambiente com boas condições de iluminação natural, ventilação, eficiência energética e automação.

A orientação de um profissional no desenvolvimento de um empreendimento sustentável é de extrema importância, já que é ele quem direciona a integração de todos os projetos e fornecedores em busca de resultados otimizados e garantindo a viabilidade das propostas. “A sustentabilidade não é uma receita de bolo que pode ser replicada. É necessário um estudo preciso de cada caso”, ressalta a arquiteta Maira Del Nero.

Abaixo alguns exemplos de projetos assinados pela arquiteta, utilizando conceitos da arquitetura verde:

arquiteto5Eco Banheiro – Mais detalhes
arquiteto4

Sala de Descanso – Mais detalhes
arquiteto3

Ecoloft – Mais detalhes

Anuário Metrópole 2015

By Mídia, Portfólio, Projetos Comerciais No Comments

A arquiteta Maira Del Nero está na quarta edição do Anuário Metrópole de Arquitetura Decoração e Paisagismo, com o projeto comercial para a loja Sava. O anuário conta com 30 projetos da região de Campinas indicados por uma equipe de 10 jurados.

O projeto comercial apresentado no anuário, foi desenvolvido para a loja Sava de Campinas, em parceria com a arquiteta Symonne Da Fonte, e teve como premissa reformar o imóvel de 385 metros quadrados no Nova Campinas. O conceito da empresa de refletir a cultura contemporânea foi levado à fachada de linhas retas e acabamentos rústicos.

Uma grande caixa solta de concreto, revestida de corten, abriga a porta de entrada metálica, o expositor de madeira para objetos de decoração, a minivitrine para móveis em destaque e o painel de corten com o nome da loja. Um anexo de aproximadamente 180 metros quadrados em estrutura metálica e blocos de concreto aparente sedia parte do showroom.

Esquadrias metálicas foram desenhadas sob medida para reaproveitar os vidros da antiga construção e dar um ar industrial ao local.
1-1 2- 3-3 4-




Estantes

By Design de Interiores, Dicas, Mostras, Projetos, Quartos, Salas No Comments

Presentes nas principais mostras de decoração, as estantes atualmente desempenham novos papéis na decoração de interiores.

Repaginadas, elas não são mais usadas somente nos ambientes habituais, como salas e escritórios, mas também em salas de jantar, quartos e cozinhas.

Bonitas e funcionais juntam o útil ao agradável, organizam objetos decorativos, coleções, livros e revistas e se destacam como elemento decorativo através dos seus diferentes modelos, nichos, tamanhos e cores, compondo ambientes únicos e cheios de personalidade.

A composição e disposição dos objetos também tem papel importante, abaixo uma seleção de estantes projetadas e organizadas pela arquiteta de Campinas Maira Del Nero para se inspirar:
campinas decor 2015 campinas decor 2015 projeto maira del nero projeto design de interiores maira del nero quarto infantil projeto decoração

projeto arquitetura decoração

marcenaria campinas

79 edit059A_RESIDALPHAVILLE_lll_CASAMIX_11 APTO_CAMBUI_lll_0107c1309c13projeto de restauranteedit030A_RESIDALPHAVILLE_lll_CASAMIX_11

Composição de quadros

By Design de Interiores, Dicas, Portfólio, Projetos No Comments

Decorar as paredes de nossas casas criando uma composição de quadros pode parecer uma tarefa difícil, mas se usarmos um pouco de criatividade conseguimos resultados muito bacanas e divertidos.

Outra forma interessante de decorar com quadros é, ao invés de pendurá-los, apoiá-los no piso ou em algum móvel, trazendo um ar descolado e estiloso ao ambiente.

Basta simplesmente encostar os quadros na parede, ao invés de pendurá-los. Os quadros podem ser apoiados sobre uma cômoda, escrivaninha, aparador, prateleira e até mesmo no chão.

A seguir, veja exemplos de como criar estas composições:
editSALA DA FAMÍLIA 09Na composição acima, assinada pela arquiteta Maira Del Nero, para a Campinas Decor 2009, foram usados quadros de diferentes tamanhos e cores, mas com algum ponto em comum.

As composições assimétricas trazem despojamento e liberdade à decoração. Uma de suas vantagens, além de trazerem identidade única aos ambientes é que normalmente é possível acrescentar alguma peça ou trocar os quadros de posição renovando a parede.
edit-haes1Esta composição foi feita para uma loja de roupas. Neste caso foram utilizadas molduras de diferentes cores e tamanhos. Isso ajuda a dar movimento para a decoração e trazem um ar despojado que se alinha ao perfil da loja.
editfredNeste quartinho de bebê foi elaborado uma composição de quadros e objetos em tons pastéis seguindo as cores do enxoval.

A arquiteta Maira Del Nero, aprova a mistura de objetos e letras em composições desse tipo. Segundo ela, em quartos de criança o ar mais descolado e casual é sempre bem vindo e a disposição dos quadros não precisa de alinhamentos ou simetrias.
edit032A_REST_ESTUFA_CPSDECOR_10No Restaurante da Estufa, projeto de 2010 assinado pela arquiteta, os quadros foram apoiados sob o aparador. Os quadros foram colocados sobrepostos, com os maiores atrás, e o menor na frente.????????????????????????????????????No Ecoloft, as molduras e paspatur dos quadros seguem a mesma linha porém com tamanhos diferentes, criando uma composição padronizada e muito charmosa.
edit030A_RESIDALPHAVILLE_lll_CASAMIX_11No projeto de Design de Interiores acima, a arquiteta Maira Del Nero optou por decorar as prateleiras da sala com dois quadros similares, que se destacaram de forma elegante entre os demais objetos. Esta é uma opção versátil de decorar prateleiras, pois podem ser trocados por outros objetos a qualquer momento.
edit008TA_CAMPINASDECOR_08DICA: Se você não se sentir seguro para instalar os quadros de primeira em paredes, pode fazer um gabarito de papelão. Basta recortar o papelão do tamanho de cada quadro/objeto e fazer um teste antes.

Já a escolha por quadros apoiados traz liberdade para a criação das composições e podem ser alterados a qualquer momento.


WhatsApp chat